Sistema Paulista de Cadastro de Doação de Medula Óssea

A espera por um doador de medula óssea compatível pode ser um período de grande agonia se um parente próximo não preenche os requisitos para doar. E, muitas vezes, não há tempo hábil para esperar. 

Para ajudar a diminuir essa aflição em momentos tão difíceis, Fernando Cury propus o projeto de lei 861/2016, que foi aprovado e sancionado pelo governador Márcio França em 2018, transformando-se na lei estadual nº 16.790/2018.

Aproximando o doador de quem aguarda um gesto de solidariedade

Com essa lei, foi instituído o Sistema Paulista de Cadastro e Doação de Medula Óssea, mais um grande passo nas discussões de políticas públicas e ações voltadas para a área da saúde. Um passo fundamental para garantir mais conforto e esperança a todos os pacientes que aguardam o transplante, pois tudo é integrado ao sistema de cadastro de doadores de sangue, ou seja, as informações estão reunidas em um banco de dados único e podem ser acessadas por todos os hospitais que realizam o transplante de medula.

Para encurtar a angustiante espera, a lei atua em três frentes, com os objetivos de:

1. Aumentar o número de doadores;

2. Conscientizar os doadores, sabedores do seu papel nessa corrente de amor e gesto de solidariedade ao próximo;
3. Agilizar a identificação e localização do doador, acabando com a frustração e a longa espera do paciente, que luta contra o tempo, e muitas vezes, não consegue encontrar seu doador compatível.

A partir do momento em que o paciente é diagnosticado com a doença, é possível acessar o sistema de cadastro e buscar um doador compatível, para que o tratamento tenha início o quanto antes.

É uma grande conquista, que dá o sentimento de realização pela vitória alcançada em um importante trabalho como deputado estadual. Não há dúvida que a instituição desse sistema irá facilitar e incentivar cada vez mais pessoas a participarem dessa ação nobre, para salvar vidas.

Incentivo à Doação

  • Para incentivar mais pessoas a se tornarem doadoras de medula óssea, Fernando propôs o projeto de Lei 566/2018, que acrescenta o inciso IX, parágrafo 4º, e os incisos I, II, III e IV ao artigo 13º da Lei nº 13.296, de 23 de dezembro de 2008, para isentar de impostos sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) os doadores de medula óssea

ALESP
Av. Pedro Álvarez Cabral, 201
Ibirapuera – São Paulo – SP
Sala 3033 – Fone 11 3886.6687

Escritório Botucatu (SP)
Fone: 14 3814.9358

Escritório Avaré (SP)
Fone: 14 3731.7402

Escritório Jaú (SP)
Fone: 14 3626.2975